Contexto histórico das novas tecnologias – Parte 2

DAS SALAS DE AULA AOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
FE/USP – SITE Educacional
Vani Moreira Kenski

O presente trabalho é parte de relatório de pesquisa sobre o uso de tecnologias em situações de ensino, presenciais e a distância. Parte das reflexões sobre as mudanças ocorridas nas percepções das tecnologias midiáticas pelos sistemas
educacionais. Reforça a importância do planejamento pedagógico adequado para o uso de tecnologias em atividades de ensino presenciais ou a distância. Enfatiza sobre as diferenças entre escolas – como instituições sociais – e oportunidades tecnológicas de ensino, de acordo com as necessidades educacionais de cada grupo social. Aborda as principais alterações  corridas no ensino com o uso de ambientes virtuais de aprendizagem e os principais conceitos e mitos relacionados a  distância” que o uso das novas oportunidades tecnológicas vai, gradativamente, derrubando. Conclui que, na atualidade, o  professor precisa ter consciência de que sua ação profissional competente não será substituída pelas tecnologias. Elas, ao  contrário, ampliam o seu campo de atuação para além da escola clássica – “entre muros” e da sala de aula tradicional. O  espaço profissional dos professores, em um mundo em rede, é ampliado, ao invés de se extinguir.

Texto completo: 030tcc5


Fonte: http://www.abed.org.br/congresso2005/por/pdf/030tcc5.pdf

Anúncios