O anel mágico, e outros contos.

O anel mágico

Desenho animado soviético criado em 1979 pelo diretor-animador Leonid Nosyrev. O desenho animado foi criado com base no conhecido conto de fadas de mesmo nome de Boris Shergin. Muitas frases do desenho animado foram analisadas em citações.

O menino camponês Vanka queria comprar um presente para sua mãe e decidiu vender seu chapéu, mas não o vendeu, mas o trocou por um gato. Da próxima vez pela última camisa, ele trocou o cachorro, depois a jaqueta – pela cobra. Assim, graças à sua bondade, e tendo passado por muitas provações, tendo sobrevivido à traição e apreciando a verdadeira amizade, triunfou sobre o estúpido e prudente rei e sua família.

Волшебное кольцо | Мультики студии Союзмультфильм [Anel mágico | Desenhos animados do estúdio Soyuzmultfilm]

A costureira e a preguiça

Duas meninas moravam na mesma casa — a Costureira e a Preguiça — e com elas uma babá. A Costureira era uma moça esperta: levantava cedo, vestia-se sozinha, sem babá, punha-se a trabalhar. Atiçava o fogão, amassava o pão, riscava a choça, alimentava o galo e depois ia ao poço buscar água. E a Preguiça, enquanto isso, ficava deitada na cama. Ela dizia acordada: “Babá, coloque minhas meias! Babá, amarre meus sapatos!”. Ela só comia e depois contava as moscas. Até que o vovô inverno viu o que acontecia…

Мороз Иванович О рукодельнице и ленивице |  Elena Krasovskaya [Moroz Ivanovich Sobre a costureira e a preguiça]

A Camurça mágica

O enredo é baseado em um antigo conto popular uzbeque. A camurça mágica ajuda o pobre Hassan a ficar rico, mas a riqueza o torna cruel e ganancioso. Serna o castiga… O desenho animado nos ensina a ser mais modestos em nossos desejos, a ser mais gentis e humanos. As tradições do Oriente sempre carregaram a sabedoria antiga, que é lindamente expressa nesta caricatura soviética.

Волшебная серна (1980). Поучительный мультфильм для детей | Золотая коллекция | СМОТРИМ. Русские мультфильмы [Camurça mágica (1980). Desenhos animados instrutivos para crianças | Coleção de ouro | PROCURANDO. desenhos russos]

América: o melhor lugar do mundo para se viver…

… segundo os americanos, claro.

Não é de hoje que gosto de animações. Há várias postagens neste sítio sobre animações de um modo geral. Estudo esporadicamente não apenas as técnicas de animação, mas também a história da animação. Considero uma forma de arte muito interessante, tanto pelo complexo trabalho de produção quanto pela capacidade de exibir idéias de forma muito mais livre, sem as restrições naturais de filmes comuns.

Há uma grande quantidade de filmes instrucionais na mídia estadunidense. Uma grande quantidade já entrou em domínio público e pode ser acessada gratuitamente em plataformas como o Youtube. Vídeos instrucionais das forças armadas americanas são realmente muito bons, muito superiores à baixíssima qualidade dos ”youtubers” de hoje em dia. Naquela época, conteúdo era produzido de forma clara, eficiente e bastante didática sobre os mais variados temas.

E também há as animações, como já postei anteriormente neste exemplo sobre como funciona o sistema de refrigeração. Ao vermos os exemplos de animações e como as mesmas evoluíram tanto as técnicas quanto a temática ao longo do século XX, temos um retrato do pensamento de uma época.

Estes quatro excertos demonstram a forma de pensamento americana ao longo da primeira parte do século XX. Uma sociedade capitalista, altamente patriótica, consumista e principalmente voltada à cultura automobilística. Traços que, sem dúvida, permanecem em maior ou menor grau até hoje.

Profits: “Going Places” – 1948

US Economy: Meek King Joe – 1949

It’s Everybody’s Business – 1954

Your safety first – 1956