Edições Independentes

Edição Independente nº 001
Rio de Janeiro, 21~30 de junho de 2017.
Pedro Figueira Almeida Alves
http://www.pedrofigueira.pro.br

Artigo: A falácia sobre a Educação
 
Tema: Crítica às questões políticas relacionadas ao investimento em educação no Brasil.

Resumo: Este texto é uma crítica ao discurso do senso comum sobre a necessidade de investimentos em educação no Brasil. Procuro demonstrar argumentativamente que esse não é o melhor caminho para resolvermos de forma comprometida e definitiva as grandes questões sociais de nossa nação. Argumento sobre a realidade socioeconômica, cultural e política do país, apresento um outro caminho e convido o leitor a assumirmos a responsabilidade para a construção de uma nação melhor.

Palavras-chave: Educação. Política. Crítica.

Texto completo: EI001or
Versão para impressão: EI001vpi


Edição Independente nº 002.1
Rio de Janeiro, 08~16 de junho de 2018.
Pedro Figueira Almeida Alves
http://www.pedrofigueira.pro.br

Artigo: O que é filosofia?

Tema: Texto introdutório sobre Filosofia a quem não é da área.

Resumo: O seguinte texto dirigido a leigos provê algumas propostas sobre como abordar a Filosofia. Feito com o propósito de ser apresentado em especial a alunos do ensino médio, pretende apresentar de forma superficial a história da Filosofia, suas mudanças ao longo do tempo e alguns nomes de maior expoência, servindo como material introdutório para pesquisas por parte dos alunos. Também é uma reflexão aos formados (ensino superior) na área sobre a importância do campo de trabalho sobre o qual se debruçam, sobre suas próprias produções acadêmicas e sobre si mesmos.

Palavras-chave: Filosofia. História. Introdução. Literatura.

Disponível em: https://pedrofigueira.pro.br/2019/06/18/o-que-e-filosofia/


Edição Independente nº 003
Rio de Janeiro, 20/11 ~ 07/12 de 2019.
Pedro Figueira Almeida Alves
http://www.pedrofigueira.pro.br

Artigo: Discussão e debate no país dos analfabetos.

Tema: Crítica ao analfabetismo funcional

Resumo: Ao final de minha postagem, 200 milhões de babacas , fiz uma pergunta: por que ainda há pessoas que defendem a ”esquerda” no Brasil? E o que era para ser uma simples reflexão se tornou um texto de várias páginas. Na primeira parte desenvolvo uma perspectiva geral sobre a situação de ignorância coletiva em que a imensa maioria da população chafurda. Demonstro a distância entre os valores estatísticos e seu significado para em seguida analisar os dados acerca da produção acadêmica contemporânea. Preparo então uma ponte entre a primeira e a segunda partes, entre a ignorância e uma cultura que inadvertidamente a sustenta e a perpetua. Na segunda parte comento sobre a realidade cultural brasileira criticando-a, mostrando a semente da formação de mentes polarizadas e inaptas ao confronto de idéias. Discrimino em seguida as diferenças conceituais entre opinião e argumento, discussão e debate. Na terceira parte retomo o exposto nas duas primeiras, correlacionando a inépcia de autoformação e autoconstrução de pensamento com a ignorância coletiva. Em seguida analiso caso a caso minhas hipóteses sobre os motivos que levariam alguém a defender os ideários da assim chamada ”esquerda”, finalmente respondendo à pergunta inicial.

Palavras-chave: Filosofia, Política, Educação.

Texto completo: https://pedrofigueira.pro.br/discussao-e-debate-no-pais-dos-analfabetos/

Versão para impressão: EI003vpi