Conhecimento – Parte 1

TIPOS DE CONHECIMENTO
Carlos José Giudice dos Santos

Se você for visitar uma aldeia de índios no meio da mata e perguntar para uma criança indígena de seis anos o que é uma árvore, provavelmente essa criança vai lhe falar nomes de mais de trinta tipos de árvores diferentes, mostrando e diferenciando cada uma delas. Além disso, vai especificar a utilidade que essas árvores possuem para a sua comunidade. Se essa mesma pergunta for feita a uma criança urbana, uma resposta possível será um desenho básico com raiz, caule, folhas e frutos, especificando que se trata de um ser vivo pertencente ao reino dos vegetais.

O que se percebe na situação descrita anteriormente é que estamos diante de dois tipos diferentes de conhecimento: o primeiro, eminentemente prático, diretamente relacionado à sobrevivência, passado de geração em geração pela tradição oral; o segundo, teórico, sistematizado, com o objetivo
de informar, passado por intermédio de livros, revistas, documentários de televisão e até mesmo um professor, quando a criança consegue prestar atenção. A partir dessa situação, coloco um desafio ao leitor: qual dos dois tipos de conhecimento pode ser considerado melhor?

Texto completo: _of.tipos_conhecimento


Fonte: http://www.oficinadapesquisa.com.br/APOSTILAS/METODOL/_OF.TIPOS_CONHECIMENTO.PDF

Anúncios