Mensagem nº 292

“Seja qual seja a provação que experimentes;
por maior que se faça a dor que atravesses;
por muitas quedas que porventura hajas sofrido;
mesmo ante a perda dos entes mais caros;
enquanto suportes enormes inquietações;
nas mais difíceis probabilidades de sobrevivência;
sob prejuízos que jamais esperaste;
varando atribulações incontáveis;
embora vivendo entre espinhos e entraves;
não desanime.
Ama, trabalha, serve e segue adiante na certeza de que amanhã surgirá outro dia.”

Francisco Cândido Xavier
*Pedro Leopoldo, 02/04/1910 + Uberaba, 30/06/2002
Escritor filantropo brasileiro
Adaptado de “Seara de fé”

Anúncios