Quais são as alternativas às obras de alvenaria?

Editado em 14/09/2020

Apesar de a alvenaria ser o sistema de construção mais utilizado no Brasil, é um dos sistemas mais dispendiosos, lentos, complexos e custosos que existem. Se não for o pior de todos!

Quando alguém quer construir uma casa nova ou reformar comumente defronta-se com a questão: há outra forma de fazer essa obra? E a resposta é sim! Existem inúmeras outras formas de construção, que acabam sendo desconhecidas no Brasil ou têm sobre si o preconceito oriundo da ignorância quanto ao que é diferente.

Esta postagem tem tido bastante acesso. Entretanto talvez o leitor não se sinta satisfeito, por conter apenas vídeos em inglês. Colocando em português:

a) Existem diversos sistemas de construção ao redor do mundo. Em especial, os sistemas de construção pré-montados ou pré-fabricados. Em voga nos Estados Unidos e Europa desde antes do início do século XX (isso mesmo, mais de 120 anos de desenvolvimento), esses sistemas têm como vantagem o menor custo de materiais: a casa é previamente projetada e construída pedaço por pedaço fora do campo de obras. No campo de obras, basta montar os pedaços.

Os principais estilos de construção pré-fabricados são em madeira e em aço. Ambos são muito mais eficientes que alvenaria. As madeiras são tratadas adequadamente (como madeira naval ou madeira de deques) para não apodrecer tampouco pegar cupim. Já as construções de aço são leves e muito mais resistentes que tijolos. O esqueleto da casa é chumbado (aparafusado) no chão com parafusos e as paredes vedadas com placas cimentícias.

A principal dúvida do brasileiro é quanto à segurança da construção. “E se bater algo na parede?” Daí eu pergunto: você quer a casa para morar dentro dela ou para ficar batendo nas paredes? Se não ficar dando marretada todo dia na parede, ela agüenta muito mais tempo que a alvenaria.

Em ambos os casos, na construção de uma casa nova pré-fabricada de madeira ou de aço, se faz a fundação sobre a superfície. Ou são feitas sapatas (cubos de concreto somente onde a casa será apoiada, comum em casas de madeira suspensas do solo) ou radier (uma grande laje impermeabilizada que vai no chão e onde as vigas de aço são chumbadas). Esta é a única etapa “molhada” da casa. Todo o resto já vem da fábrica para ser montado, das paredes ao acabamento.

b) E quanto a reformas? Bem neste caso também é possível recorrer a alternativas. Diferentemente das construções com placas cimentícias fixadas em perfis de aço, o dry-wall (”parede seca”) também é fixado em perfis de aço, mas as paredes internas da casa são de gesso. Esse gesso acartonado não é próprio para segurar peso, mas é possível chumbar (aparafusar) prateleiras e suportes de TV diretamente nos perfis de aço. Esse gesso acartonado também tem variações. Há os modelos à prova d’água para o banheiro, à prova de fogo para estabelecimentos comerciais e cozinhas, e o padrão, que reveste com segurança qualquer cômodo seco.

No estrangeiro só se usa esse tipo de construção. É muito mais barata e os profissionais resolvem tudo em pouco tempo (se bem feito, constrói-se uma casa inteira – pequena – com acabamento e tudo em um único dia). Lá eles não têm o nosso clima e são extremamente preocupados com o insulation (”isolamento termo-acústico”). O que resultou em modelos de construção em que o ambiente interno tem a temperatura amena e baixo nível de ruído.

O preço da obra também é sempre mais barato que a alvenaria. Ou ao menos deveria ser. Aqui no Brasil o que encarece é a mão-de-obra… O preço dos materiais e da preparação do projeto é ínfimo. Se você quiser fazer por conta própria, gastará realmente muito pouco. Veja o caso deste casal: eles optaram por fazer a casa inteira no sistema de poliestireno (o famoso Isopor) chapiscado.

Como construímos nossa casa de EPS (isopor) em tempo recorde e a um custo muito menor?


A seguir, uma breve compilação sobre diversos sistemas ecologicamente saudáveis de construção civil. Informe-se! O mundo é muito maior que a mesmice que vivemos em terras tupiniquins…

5 Innovative BUILDING SYSTEMS for your future house #1 – Cool Gadgets & Stuff

5 Innovative BUILDING SYSTEMS for your house #2 – Cool Gadgets & Stuff

5 Eco-Friendly Building Materials #1 – Cool Gadgets & Stuff

5 Eco Building Materials #2 – Cool Gadgets & Stuff

Meu favorito pessoal: as casas de adobe
Building with Cob – A Natural & Affordable Way to Build a House – Exploring Alternative

➤ Insulated Concrete Forms – https://www.nudura.com/
➤ Aircrete Europe – https://www.aircrete.com/
➤ Superior Walls – https://www.superiorwalls.com/
➤ Spider Tie – http://spidertiesystem.com/
➤ Isotex – https://en.blocchiisotex.com/
➤ Gablok – https://gablok.be/en/
➤ Structural Insulated Panels – https://www.enercept.com/
➤ Steel Frame Construction – https://bonestructure.ca/en/
➤ M2 Building System – https://www.mdue.it/en/
➤ Interlocking Bricks – http://www.myib.com.my/
➤ Hempcrete – https://www.isohemp.com/en
➤ Straw Panels – https://ecococon.eu/
➤ Interlocking Bricks – http://www.myib.com.my/
➤ Bamboo – https://bambooliving.com/
➤ Plastic Blocks – https://www.byfusion.com/
➤ Brikawood – https://www.brikawood-ecologie.fr/en/
➤ Isotex Woodcrete – https://en.blocchiisotex.com/
➤ Cordwood House – https://cordwoodconstruction.org/
➤ Cob House
➤ Lok-N-Blok – http://www.lok-n-blok.com/