O gênero resenha acadêmica – Parte 2

DA FALA PARA A ESCRITA:
atividades de retextualização
Dinéa Maria Sobral Muniz
Maria de Fátima B. da Cruz

Luiz Antônio Marcuschi, professor titular da Universidade Federal do Pernambuco, pós-doutor pela Universitat Freiburg na Alemanha e Doutor em Letras pela Universitat Erlangen-Nurnberg, também na Alemanha, vem desenvolvendo a pesquisa “Fala e escrita: características e usos”.

A obra de sua autoria, intitulada Da fala para a escrita: atividades de retextualização, compõe-se de duas partes. A primeira, que o autor intitula de “Oralidade e Letramento”, está dividida em oito tópicos. No primeiro, “Oralidade e letramento como práticas sociais”, o autor inicia afirmando ser impossível investigar oralidade e letramento sem vinculá-los às práticas sociais da civilização contemporânea.

Texto completo: 2699-5997-1-PB


Fonte: https://portalseer.ufba.br/index.php/entreideias/article/view/2699/1909

Anúncios