João morreu.

João morreu.
Não era famoso.
Não era rico.
Não era “importante”.
Era só João.
Pai de família, amigo, companheiro.
João morreu.
João não está mais “presente”.
E sua morte não se tornou disputa política.
Virou estatística.


https://glo.bo/2u4xZQi