Mensagem nº 325

“Todo amor semeado, cedo ou tarde, há de florir.”

Raoul Follereau
*Nevers, 17/08/1903 + Paris, 06/12/1977
Jornalista, poeta e filantropo francês, criador da maior obra de caridade do mundo destinada aos portadores de lepra, contra a pobreza e a favor da educação.

Anúncios